Cluster – MariaDB Galera

MariaDB Cluster Galera é uma solução de base de dados totalmente open-source e com funcionamento em cluster.

O funcionamento é baseado em “synchronous multi-master” e para já suporta apenas InnoDB/XtraDB como mecanismo de armazenamento.

O deploy desta solução é extremamente rápida, esta intalação utilizei 2 VMs com CentOS 6:

192.168.56.201 galera01.m04m.com
192.168.56.202 galera02.m04m.com

1) Adicionar ao repositório do MariaDB ao YUM:

vi /etc/yum.repos.d/MariaDB.repo

Adicionar a entrada abaixo:

64-bits:

# MariaDB 5.5 CentOS repository list – created 2013-07-03 04:40 UTC
# http://mariadb.org/mariadb/repositories/
[mariadb]
name = MariaDB
baseurl = http://yum.mariadb.org/5.5/centos6-amd64
gpgkey=https://yum.mariadb.org/RPM-GPG-KEY-MariaDB
gpgcheck=1

32-bits:

# MariaDB 5.5 CentOS repository list – created 2013-07-03 04:46 UTC
# http://mariadb.org/mariadb/repositories/
[mariadb]
name = MariaDB
baseurl = http://yum.mariadb.org/5.5/centos6-x86
gpgkey=https://yum.mariadb.org/RPM-GPG-KEY-MariaDB
gpgcheck=1

2) Instalar o MariaDB Galera Server:
O MariaBD substitui completamente o MySQL, portanto, temos que remover toda a referência do MySQL.
PS: É importante realizar um backup caso o MySQL esteja a ser usado.

yum erase *mysql*
yum install MariaDB-Galera-server MariaDB-client setroubleshoot

3) Configuração inicial:

service mysql start

O Cluster comunica-se através das seguintes portas: 3306, 4444 e 4567 (tcp protocol).

É importante , e recomendado, executar o comando abaixo, para configuração de passwords e ter um ambiente mais controlado.

mysql_secure_installation

Executar o script na base de dados:

GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO ‘root’@’localhost’ IDENTIFIED BY ‘password’ WITH GRANT OPTION;
GRANT ALL PRIVILEGES ON *.* TO ‘root’@’%’ IDENTIFIED BY ‘password’ WITH GRANT OPTION;
FLUSH PRIVILEGES;
exit

4) Iniciar o primeiro node do cluster:

mysqld –wsrep_cluster_address=gcomm:// –user=mysql –wsrep_provider=/usr/lib/galera/libgalera_smm.so –wsrep_sst_auth=root:password

No meu caso, como utilizei um ambiente 32 bits, utilizei a lib /usr/lib/galera/libgalera_smm.so, se fosse 64 bits, deveria ser /usr/lib64/galera/libgalera_smm.so.

5) Juntando outros nodes ao cluster

mysqld –wsrep_cluster_address=gcomm://192.168.56.201 –user=mysql –wsrep_provider=/usr/lib64/galera/libgalera_smm.so –wsrep_sst_auth=root:password

join

Para uma configuração mais clean, deve-se adicionar estes parametros ao /etc/my.cnf.

6) Galera a funcionar:

galera01.m04m.com:
Screenshot-3

galera02.m04m.com:
Screenshot-2

2 comentários em “Cluster – MariaDB Galera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s